Compartilhar share

Amunesc presta contas dos trabalhos realizados para Barra do Sul

Publicado em 17/02/2021 às 17:22 - Atualizado em 18/02/2021 às 12:36


Créditos: Ariele Cardoso Baixar Imagem

Como já aconteceu em outras cidades da região, nesta quarta-feira (17) foi a vez de Barra do Sul receber a apresentação e prestação de contas da Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc). A reunião, realizada na câmara municipal, foi conduzida pelo presidente da associação e prefeito de Garuva, dr. Rodrigo Adriany David. Prefeito, secretários e vereadores acompanharam o encontro. 

“Estamos aqui para mostrar os serviços que a Amunesc desenvolve para os municípios associados. Com eficiência e transparência vamos aproximar ainda mais a associação dos gestores municipais”, declarou o presidente. O prefeito de Barra do Sul, Antonio Rodrigues, falou sobre a parceria com a entidade: “a Amunesc é uma associação séria e vem fazendo um excelente trabalho de gestão, com planejamento estratégico e serviços de referência. Vamos juntos, câmara prefeitura e associação, trabalhar para transformar Barra do Sul em um lugar muito melhor”, afirmou.

A secretária-executiva da Amunesc, Simone Schramm, destacou a renovação de aproximadamente 80% da câmara municipal de Barra do Sul nas eleições de 2020. Para ela, este fato amplia a necessidade de diálogo direto da entidade com os vereadores eleitos. Segundo Simone, tanto a câmara quanto a Associação trabalham com o mesmo objetivo: “cada um de vocês está aqui eleito pelo povo e vocês querem melhorar a qualidade de vida do cidadão. Esse é um objetivo comum com a Amunesc, estamos irmanados com esse pensamento”, disse. 

Em sua fala, a presidente da Câmara Suzana Dornelles foi receptiva à iniciativa: “agradeço ao presidente, à secretária-executiva e à equipe técnica. Estamos honrados em receber a Associação”, concluiu. 

Economia da pesca foi destaque 

O técnico tributário da Associação, Carlos Lima destacou a importância da pesca para a cidade e falou sobre os valores arrecadados pela prefeitura com a atividade agropecuária e pesqueira. Segundo levantamento, atualmente existem 350 pescadores inscritos com cadastros ativos, o que proporciona ao município um Valor Adicionado de cerca de R$ 1 milhão. “Precisamos conversar com os pescadores e reforçar a importância da emissão da Nota Fiscal na comercialização dos produtos. O valor que Barra do Sul recebe em impostos é baixo, e esse valor não é benéfico só para o município. A Nota Fiscal contribui também para comprovação na aquisição de empréstimo ou para o cálculo da aposentadoria dos pescadores”, explicou Carlos.


Galeria Multimídia

{{grupo.nome}}
  • {{grupo.items.length - 12}}
    {{item.codGaleriaMultimidiaItem}}
Fechar
publish