Compartilhar share
Garuva

Prefeitura de Garuva decreta situação de emergência após estragos da chuva

Publicado em 07/02/2020 às 11:57 - Atualizado em 07/02/2020 às 11:57


Créditos: Divulgação Baixar Imagem

Prefeitura de Garuva decreta situação de emergência após estragos da chuva

A Prefeitura de Garuva decretou situação de emergência por causa dos estragos causados no município pela forte chuva de terça-feira (4) e quarta-feira (5). De acordo com a Defesa Civil, o evento se iniciou às 16h43 de terça-feira, devido a intensidade das chuvas por conta da atuação de um sistema de baixa pressão e circulação marítima trazendo umidade para o litoral norte, o que gerou altos volumes de chuva no município, registrando 174mm acima da chuva mensal para Fevereiro, de acordo com o Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Santa Catarina.

As fortes precipitações ocasionaram inundações de edificações e vias públicas, alagamentos, erosões em residências devido ao rompimento de tubulações. Para pronta resposta à população, o Poder Público Municipal abriu abrigo público, onde permanece a disposição da população.

De acordo com o relatório da Defesa Civil, alagamentos a residência geraram perdas com mobílias, eletrodomésticos e danos em revestimentos das edificações. Escolas e Unidades de Saúde também tiveram registro de transtorno e danos causados. Com base em avaliações criteriosas, a Defesa Civil sugeriu a decretação de situação de emergência no Município e solicitou envio de documentação ao Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil para fins de conhecimento da situação de emergência e caso haja necessidade, de ajuda complementar por parte do Governo Federal ou concessão de algum direito ou benefício federal.

No Decreto 23/2020, o Prefeito de Garuva mobiliza todos os órgãos municipais para atuarem nas ações de resposta ao desastre, reabilitação do cenário e reconstrução e autoriza convocação de voluntários para reforçar as ações de respostas e realização de campanhas de arrecadação de recursos. Com a situação de emergência, está autorizado os agentes da Defesa Civil a penetrar nas casas para prestar socorro em caso de risco iminente e determinar a pronta evacuação.

 

Fonte: Prefeitura de Garuva


publish